CEPEAM - Centro de Projetos e Estudos Ambientais do Amazonas

Veja mais fotos

Foto 1 Foto 2 Foto 3
"Um pedaço protegido da Amazônia (...) o tecido da vida cotidiana é feito de laços que nos conectam uns com os outros, e também com o nosso ambiente."
(Daisaku Ikeda)

Cada indivíduo é conectado a outro por meio de uma teia neural que interliga todos os seres do universo. A física quântica comprovou a existência dessa rede e a manutenção de sua complexa estruturação depende de cada um de seus agentes atuar de forma a oferecer equilíbrio e estabilidade. O Centro de Projetos e Estudos Ambientais do Amazonas – CEPEAM foi criado com esse fim: oferecer possibilidades de manutenção deste equilíbrio e estabilidade.

Em uma área de 55 hectares, nas proximidades da capital do estado do Amazonas, Manaus, o CEPEAM iniciou suas atividades no início da década de 1990. Daisaku Ikeda, presidente da SGI, sempre teve como ideal, a contribuição efetiva para a proteção, manejo e conservação dos ecossistemas amazônicos, que proporcionassem ainda, uma melhoria real da qualidade de vida para as populações locais.

Os trabalhos iniciaram-se no ano de 1993, com a assinatura de um convênio de cooperação técnico científica entre o Cepeam, a Universidade Soka do Japão e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia da Amazônia (Sematec), hoje já extinta.

Em reconhecimento às ações empreendidas – por meio da Portaria 049/95 de 12 de julho de 1995 – o Ibama credenciou a área do Cepeam como uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN); integrando-a a um seleto grupo de unidades de conservação reconhecida e protegida pelo poder público.